BR 116, n.º 1530 Atuba, Colombo, PR
41 3675.6469 / 9700.6336
Outros estados 0800.704.6469
atendimento@lonasalvorada.com.br
Vendas: vendas@lonasalvorada.com.br

Conheça opções de tendas para se proteger do sol no quintal

Se você tem um jardim, quintal ou mesmo uma área de lazer aberta, seja ela com ou sem piscina, deve sentir a necessidade de se proteger do sol, principalmente nos dias mais quentes.

Mas saiba que há algumas opções interessantes no mercado para aproveitar atividades ao ar livre, mas sem ficar torrando embaixo do sol escaldante.

A arquiteta Patricia Cillo, do escritório Figoli-Ravecca, de São Paulo, gosta muito de usar ombrelones, tanto em gramados como em áreas perto da piscina. “Podemos mudá-lo de lugar sempre que quisermos, acompanhando o trajeto do sol. Essa é a grande vantagem do ombrelone. Também é possível usá-lo com uma chaise-longue ou uma poltrona gostosa. Ele é muito versátil”, avalia.

No entanto, ela recomenda evitar o ombrelone em lugares com muito vento, pois é perigoso. “Se optar pelo ombrelone, é preciso mantê-lo fechado quando não estiver sendo usado. Outra dica é chumbar a base ou ter bastante peso para que ele não saia voando”, aconselha.

Patricia conta que já fez também projetos com toldos em janelas e portas para resguardar o ambiente do sol. “O toldo pode ser de tecido sumbrella (resistente avintempéries) e também há modelos com sensor de vento, que recolhem o toldo automaticamente quando está ventando. É uma opção da Stobag”, diz.

Pergolado

Para Patricia, o pergolado também é uma ótima opção e pode até ser uma continuidade da varanda. “O pergolado pode ser montado no ambiente da churrasqueira, na área de lazer ou no espaço gourmet. Ele pode ser feito de madeira e ter a cobertura de bambu ou de outros materiais, como policarbonato, acrílico, vidro ou até mesmo uma trepadeira (cobertura verde).”

Instalação e preços

O ombrelone é o mais prático de ser usado, segundo a arquiteta, pois não precisa de instalação (a não ser que precise ser chumbado). É só comprar e levar para casa.

Patricia explica que o toldo necessita de um tempo de execução, o que leva cerca de 30 dias, e o pergolado é o mais complexo, pois, além de necessitar de um projeto, é preciso encomendar o material e fazer a montagem, o que normalmente leva mais de 30 dias, aproximadamente.

Quanto ao preço, o ombrelone, por ser mais simples na maioria das vezes, é o mais barato. Existem toldos dos mais simples aos mais sofisticados, mas em geral o toldo custa mais do que o ombrelone. “O mais caro é o pergolado. Mas se você escolher um toldo mais sofisticado (com sensor e funcionamento automático), o preço pode se equipar ao do pergolado.

Fonte: https://180graus.com/

Comentários estão fechados.