BR 116, n.º 1530 Atuba, Colombo, PR
41 3675.6469 / 9700.6336
Outros estados 0800.704.6469
atendimento@lonasalvorada.com.br
Vendas: vendas@lonasalvorada.com.br

Faça chuva ou faça sol

Para proteger as varandas em qualquer estação, conheça os diferentes tipos de fechamento e escolha o mais adequado

Fotos: Divulgação/Arthur Decor

Tela Solar de fibra de vidro revestida com PVC

Proteção contra o sol, chuva, ventos, controle da luminosidade, conforto térmico e a possibilidade de usar a varanda a qualquer hora. Os toldos deixaram de ser simples coberturas e ganharam novos sistemas de abertura, materiais diferentes e estética valorizada. A instalação pode variar de preço dependendo do tamanho da área a ser protegida e do material escolhido.

Saiba mais sobre esse recurso e aproveite melhor a varanda:

Os materiais

O mercado disponibiliza diversas opções e os materiais apresentam diferenças e possibilidades diversas. De acordo com a finalidade do toldo é que se tem a indicação do material.

As lonas de PVC e as acrílicas são mais baratas, têm fácil limpeza por não serem aderentes e são bastante resistentes. As acrílicas garantem isolamento térmico e as de PVC, maior resistência às intempéries. As lonas de vinil plástico com trama de nylon são indicadas para quem quer que a área de cobertura do toldo continue recebendo luminosidade total do ambiente externo. Este tipo de material tem resistência de oito anos, aproximadamente, se ficar aberto 24 horas por dia.

Fotos: Andrea Bernadelli

O policarbonato é uma opção indicada para quem deseja que a luz penetre no ambiente e que a chuva seja totalmente barrada. O material tem a mesma aparência do acrílico, mas com a vantagem de ser flexível. Essa cobertura pode esquentar e aquecer o ambiente, porém o mercado disponibiliza coberturas de policarbonato refletivas, que são atérmicas. Se a escolha for por este material, só adquira o produto depois de se certificar que recebeu proteção contra os raios UV. O preço é mais alto em relação aos outros materiais, mas pode durar até 20 anos. Já o policarbonato compacto tem a aparência de um vidro na cor cristal. Tem ótimo desempenho em coberturas contra a chuva, mas custa um pouco mais .

As estruturas

As de alumínio e aço levam vantagem sobre as de ferro. O alumínio é mais caro, mas garante melhor resultado e durabilidade. Porém, longe do litoral, o ferro pode durar de 8 a 10 anos se for protegido com uma pintura anticorrosiva. Outros recursos podem ser usados para garantir maior durabilidade ao metal: pintura eletrostática, anodização e outros tratamentos.

Sistemas de abertura

Independentemente da escolha do cliente, a abertura e o fechamento do toldo podem ser realizados por manivela ou automatizados. Neste caso, são usados interruptores ou controles remotos. A opção mais moderna oferece mais conforto, mas o produto pode ficar até 50% mais caro.

Os modelos podem ser fixos, retráteis ou enroláveis. Os retráteis, geralmente de lona alumínio ou policarbonato, oferecem mais praticidade. Os toldos de tecido possuem perfis de estrutura articulados e se encolhem em direção à fachada. Já os materiais fabricados em chapas possuem sistema de abertura e fechamento deslizante. Os enroláveis só podem ser de tecido e permitem que o vão seja completa ou parcialmente aberto graças a um sistema de molas.

Fotos: Divulgação

Instalação

Os toldos são instalados em barras que, por sua vez, são fixadas por vários suportes à parede ou ao teto, dependendo da situação. Os toldos ficam apoiados em braços, e quando fechados, deixam a área toda livre.

As fixações de todas as estruturas normalmente são feitas com parafusos e buchas de aço galvanizado ou inox, para garantir durabilidade, e é importante levar em consideração o tipo de alvenaria existente no local. A fixação da lona na estrutura é feita com arrebites e a lona é acabada com solda eletrônica e, em seguida, moldada na estrutura a gosto do cliente.

Medidas

A definição do tamanho do toldo a ser instalado é uma variável que depende de três fatores combinados: disponibilidade de espaço, indicações do profissional e vontade do cliente. A área pode variar de acordo com o modelo, ou seja, os mais robustos necessitam de um espaço maior com larguras que podem chegar a 12 m.

Fonte: Revista Casa e Construção

Comentários estão fechados.